De acordo com os dados mais recentes, entre as principais causas de impotência e disfunção erétil são:

Mental: depressão, estresse.

Nervoso: lesões, danos aos discos intervertebrais, esclerose múltipla, abuso de álcool, cirurgia pélvica, etc.

Arterial: hipertensão, tabagismo, diabetes.

Venous: violações no mecanismo de limitar o fluxo de sangue do pênis.

Medicinal: tomar medicamentos redutores de pressão, antidepressivos, hormônio luteinizante, algumas outras drogas.

Violação do fundo hormonal.

Diagnóstico e tratamento

O chamado para prestar mais atenção à própria saúde não é palavras vazias. Segundo as estatísticas, apenas um em cada dez homens, diante de distúrbios sexuais, se refere a um especialista. Enquanto isso, em mais da metade dos casos, uma ereção pode ser restaurada. Só é necessário entender corretamente as causas do problema. E aqui você não pode ficar sem aconselhamento especializado – vale a pena visitar um andrologista, que cuidará do seu problema.

Em primeiro lugar, o médico descobrirá se as doenças inflamatórias da próstata, bexiga etc. não são obscurecidas por um distúrbio sexual. Para responder a essa questão, você também pode ser encaminhado a um urologista para consulta, seguido por ultrassonografia, exames de sangue e esfregaços bacteriológicos.

Se doenças inflamatórias não são identificadas, é necessário identificar os hormônios do homem. Testes especiais estabelecerão o conteúdo no sangue de um ou outro hormônio.

Distúrbios vasculares que levam à impotência são detectados com a ajuda de métodos modernos de pesquisa – a ultrassonografia com Doppler. Técnicas modernas nos permitem determinar os indicadores quantitativos e qualitativos do suprimento de sangue ao pênis.

No que diz respeito à escolha dos métodos de tratamento, esta questão depende inteiramente de qual a causa da doença. Existem muitos métodos – desde o tratamento médico até a intervenção cirúrgica.

Na prática médica moderna, utiliza vários métodos e ferramentas para restaurar a potência masculina. Ao mesmo tempo, é importante entender que a eliminação deste problema deve ser complexa, portanto, vale a pena prestar atenção a muitos outros fatores.